RESENHA: Orgulho e Preconceito

ORGULHO_E_PRECONCEITO_1243014962BRESENHA: Orgulho e Preconceito

Autora: Jane Austen

Ano: 1997 / Páginas: 303
Idioma: português
Editora: Best Seller

Estrelas: 5-estrelas

SINOPSE: Orgulho e Preconceito – O romance retrata a relação entre Elizabeth Bennet e Fitzwilliam Darcy na Inglaterra rural do século XVIII. Lizzy possui outras quatro irmãs, nenhuma delas casadas, o que a Sra. Bennet, mãe de Lizzy, considera um absurdo. Quando o Sr. Bingley, jovem bem-sucedido, aluga uma mansão próxima da casa dos Bennet, a Sra. Bennet vê nele um possível marido para uma das suas filhas. De facto, ele parece interessar-se bastante por Jane, sua filha mais velha, logo no primeiro baile em que ele, as irmãs e o Sr. Darcy, seu amigo, comparecem. Enquanto o Sr. Bingley é visto com bons olhos por todos, o Sr. Darcy, por seu jeito frio, é mal falado. Lizzy, em particular, desgosta imensamente dele, por ele ter ferido seu orgulho na primeira vez em que se encontram. A recíproca não é verdadeira. Mesmo com uma má primeira impressão, Darcy realmente se encanta por Lizzy, sem que ela saiba do facto.
A partir daí o livro mostra a evolução do relacionamento entre eles e os que os rodeiam, mostrando também, desse modo, a sociedade do final do século XVIII.

Para estrear a primeira postagem do blog, a primeira resenha é de um dos melhores livros que já li! Orgulho e preconceito merece muito mais do que cinco estrelas, pois, a escrita encantadora de Jane Austen me fez prevalecer na leitura dessa edição antiga, que mesmo com uma linguagem rebuscada, me fez sentir um prazer imenso ao término da história. O livro narra a vida de Elizabeth Bennet, uma jovem que age e pensa de uma forma diferente de sua família, tornando-se um uma ‘’peça ‘’ diferente na sociedade. Após a mudança de um rico jovem para o vilarejo, a vida das jovens da família muda totalmente, principalmente na vida de Lizzy. Não é possível descrever nem 1% de tudo que ocorre no livro, de como ele mexe com suas emoções, e faz você se sentir na pele das personagens. Essas novas figuras que integraram a história ( Sr. Bingley e sua família e Sr.Darcy) se destacaram com suas personalidades, mas o que mais me encantou foi o Sr. Darcy. Sabe porquê? Por um motivo simples. O Sr. Bingley parecia a figura de um homem perfeito e suas irmãs eram a personificação da vaidade e tolice, e isso não me atraiu muito. Mas o nosso caro Fitzwilliam Darcy era um ser totalmente misterioso, azedo e preconceituoso, me fazendo sentir ódio e amor por sua personalidade (ao mesmo tempo) ao longo da história, emoções nunca descobertas por mim quando leio um livro. Sua relação com Lizzy, foi bastante enrolada me deixando estressado em alguns momentos, mas claro, o final compensou toda aquela espera. Se você como eu, odeia romance e deseja buscar um livro para descobrir se gosta desse tema, Orgulho e Preconceito é o livro perfeito para você! Nunca pensei que poderia gostar de romance, mas esse me laçou, leia essa grande obra de Jane Austen, recheada de aventura, drama, intrigas e muito, mais muito amor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s