RESENHA: Clube dos Herdeiros (Como nossos pais) – Fabiana Madruga

CLUBE_DOS_HERDEIROS_1426515726360899SK1426515726BAutor: Fabiana Madruga

Editora: Draco

Ano: 2015 / Páginas: 241

Idioma: Português

Classificação: 5-estrelas

SINOPSE: Hoje deve ser seu dia de sorte. Sim, é com você que estou falando! Ao abrir esse livro, você ganhará um passe livre, uma tão cobiçada credencial, um passaporte com visto para um mundo que mal se vê pela fechadura. Você poderá conhecer cada um dos membros da nova aristocracia do Rio de Janeiro e saber o que realmente se passa na vida, na cabeça e no coração deles (e eu aposto como você jurava que isso nem existia!). Só me sinto na obrigação de alertar você a respeito do principal perigo, que ameaça aqueles que se julgam sortudos por cruzar essa linha: você vai descobrir que as coisas podem não ser como você imaginava e ter vontade de correr de volta para o seu mundo seguro, que antes parecia tão medíocre. Mas não precisa correr tanto. No meio do caminho sei que você vai dar meia-volta e perceber que não vai a lugar algum. O Clube dos Herdeiros pode não ser nada parecido com um conto de fadas… mas não há como não se apaixonar perdidamente por ele! Pense bem antes de aceitar o convite: existem festas que duram a vida inteira…

Como eu pude ser tão tolo por não ter lido esse livro antes! Fabiana Madruga me fez dar mais valor para a literatura brasileira, e era isso que eu desejava quando pensava nesse livro. Eu devorei o livro em uma noite, sem parar de ler até descobrir o término tão esperado, quando terminei fiquei totalmente eufórico, já que foi muito prazerosa a leitura, me deixando com vontade de ler mais. A história gira em torno de Manuela Garcia Leal e de Helena Piva de Albuquerque, duas melhores amigas que mantinham a herança de amizade de seus antecessores, elas eram de famílias ricas do Rio de Janeiro,e faziam parte da elite carioca, e por conta disso eram famosas e influentes. Helena namorava Guilherme Lunardelli outro herdeiro de família rica, um jovem bonito e charmoso, que tinha tudo o que desejava ( nunca gostei dele, desde o começo do livro). Manuela era aquela mulher difícil de se conquistar, e seu coração só se atraiu pelo o de Pedro Bacelar, um jovem lindo ( mas que era pobre e humilde) pelo qual ela se apaixonou perdidamente. Essa paixão e outros acontecimentos transformaram  a vida de todos os personagens, criando surpresas e intrigas em cada capítulo lido. Criei laços de amor por alguns personagens, me apaixonei de verdade por eles. Helena foi minha paixão, e foi lindo ver que no livro a história foi se focando nela e em sua personalidade e sentimentos, mas foi muito difícil admitir que odiei Manuela conforme o decorrer do livro, já que eu podia me sentir assim pela Egoísta da Pietra, ou pela preconceituosa Luiza ( vó da Manu) ou até aumentar minha antipatia pelo Guilherme, mas não! Manu me deixou muito triste por conta de esperar tanto dela, de prever atitudes que ela não praticou. O livro foi totalmente diferente do que eu imaginava, ele é muito MELHOR! Achei muito interessante a forma que a Fabiana conseguiu construir cada capítulo e como tudo teve um término tão diferente do esperado. Não pense que a história é clichê, ela é super original! Podemos saber o que cada personagem sente e age, observando a situação pelos seus olhos, e isso foi o que mais me agradou na história. O Clube dos Herdeiros foi um dos melhores livros que li já esse ano e que nunca vou me esquecer.

PS: Já quero continuação!!!!

Um comentário sobre “RESENHA: Clube dos Herdeiros (Como nossos pais) – Fabiana Madruga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s